A pressão para subir o preço dos combustíveis vem de todos os lados

preço dos combustíveis

Que o mundo está interligado, não é novidade. Por isso, muita coisa que acontece na Europa respinga na América do Norte; ou o que acontece no Oriente Médio tem reflexos na América do Sul; e assim por diante…

Mas, especificamente na questão do preço dos combustíveis, 2020 começou assustador e explosivo. Principalmente após o ataque dos EUA que matou o maior comandante militar iraniano, o general Quassim Suleimani, no Iraque.

Rapidamente as reações, tanto no Irã como no Iraque – que anunciou a expulsão dos soldados americanos do país – se espalharam pelo mundo.

Mas você pode estar se perguntando: “E o que eu tenho com isso?”.

 

Explicamos

Um dos setores mais impactados por questões internacionais é o do petróleo.

Mas qual o reflexo do aumento da tensão no Oriente Médio sobre o preço dos combustíveis?

Como o Governo Federal adotou uma política que atrela o preço dos nossos combustíveis ao barril do petróleo e seus derivados no mercado internacional (em dólar), certamente o brasileiro pagará mais caro.

Principalmente porque hoje o Brasil importa 17% do consumo interno, bem mais que os 5% de 2009.

Esse cenário só é bom para quem trabalha com importação de petróleo.

É por isso que o setor ligado ao comércio internacional é o que mais pressiona o Governo Federal para que os preços dos combustíveis se mantenham nas alturas.

Resta saber se Bolsonaro, Paulo Guedes e Castelo Branco (atual presidente da Petrobras) atenderão importadores ou os interesses do povo.

Sempre foi assim?

É importante lembrar que governos anteriores eram criticados quando a Petrobras segurava o aumento do preço da gasolina para beneficiar a população.

Mas no cenário atual, a disputa pelo preço dos combustíveis se transforma em uma espécie de cabo-de-guerra.

De um lado os interesses internacionais; do outro, os brasileiros, que desejam a redução dos preços.

Até o momento, quem leva a melhor são os importadores.

O problema é que a vinculação do preço dos combustíveis no Brasil ao mercado internacional sempre deixará os brasileiros reféns do cenário político e econômico do exterior.

 

Veja também O Diesel poderia ser mais barato . Se o governo quisesse

A pressão para subir o preço dos combustíveis vem de todos os lados

Compartilhe a nossa campanha no Facebook

Siga-nos no Instagram

 

 

Passado, Presente e Futuro: A Petrobras é tudo isso e muito mais

Atual política do governo para a Petrobras deixa o Brasil desprotegido
Atual política do governo para a Petrobras deixa o Brasil desprotegido
Enquanto países em desenvolvimento ampliam seus parques de refino, com o objetivo de diminuir a dependência dos derivados do exterior, o Brasil vai na contramão e passa a focar exclusivamente...
Privatização de refinarias da Petrobras: perigos escondidos
Privatização de refinarias da Petrobras: perigos escondidos
Não se engane: a privatização das refinarias da Petrobras não tornará o mercado mais livre. Na verdade, o Brasil ficará refém das petroleiras estrangeiras. Das 13 refinarias da estatal, oito...
A Petrobras é fundamental para o PIB do Brasil
A Petrobras é fundamental para o PIB do Brasil
Em 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil despencou. E, com ele, o poder de compra do povo. Talvez você não saiba, mas foi o setor de petróleo e...